NOSSA HISTÓRIA

2000: o ano que tudo começou…

Nossa história começa no ano de 2000 quando os colaboradores do grupo Centroflora de Botucatu, Sidir da Silva Junior e Ciro Croce iniciaram ações de incentivo a reciclagem de resíduos sólidos e conservação da natureza. Destas atitudes surgiram os primeiros projetos: o Coleta Legal, que estimulava, por meio de premiações, a separação e entrega dos resíduos sólidos; o A Escola vai a Mata que desenvolvia trilhas de sensibilização com a natureza; o Córrego Ferreirinha para recuperação da mata ciliar e o Centrofauna – centro de reabilitação de animais silvestres. Em 2001 as iniciativas aumentaram e surgiram os projetos Replantando para a Vida e Quintal Verde, trazendo o olhar social da colaboradora Marilda Petrechen.

Em 2002, ganhamos uma sede na Unidade II do Grupo Centroflora em Botucatu, em meio a um fragmento de transição de Cerrado e Mata Atlântica, e nos consolidamos como organização socioambiental sem fins econômicos. Assim, em outubro nascia o Instituto Floravida, criado e mantido pelo grupo Centroflora com o objetivo de fomentar o desenvolvimento socioambiental das comunidades locais onde a empresa atua e também como vertente do estratégico programa “Parcerias Para Um Mundo Melhor”. Ainda neste ano, começa o Programa Adolescer, atendendo adolescentes em situação de vulnerabilidade social através de oficinas socioeducativas, na Zona Norte do Município de Botucatu.

Em 2003, a filial do grupo Centroflora em Parnaíba, PI, dá seus primeiros passos socioambientais com o programa Tremembés (constituído pelos projetos Gol pra Vida e Cantar para Encantar) e o projeto Pró-Saúde. Em Botucatu, além dos projetos já desenvolvidos, surgem os projetos Reciclando Alimentos, Cuesta Botucatu, Práticas Sustentáveis. É iniciado o projeto Mata Grande, que atendia 60 famílias do assentamento homônimo, no município de São Domingos, GO.

Ao longo da nossa trajetória, alguns projetos e programas surgiram e partiram de acordo com as necessidades das comunidades, alguns com ações mais pontuais outras contínuas:

2004

Em 2004 começa a atuar em Botucatu, o projeto Agro-Transfer que tinha o objetivo de capacitar professores e estudantes de Escolas Técnicas Agrícolas do estão de São Paulo.

2005

Nos anos seguintes fechamos importantes parcerias: 2005: Prever, Irizar, S.A. Imóveis e Unimed; 2006: CMDCA (Conselho Municipal da Criança e do Adolescente); 2007: CMAS (Conselho Municipal de Assistência Social);

2007

Ainda em 2007, o Instituto Floravida inicia uma segunda fase sob a gestão da presidente Marilda M. P. Petrechen e passou a participar dos Conselhos Municipais.

2008

Em 2008 o Projeto Jaborandi abre as atividades do Programa de Uso Ético da Sociobiodiversidade que realiza ações pela conservação e valorização da sociobiodiversidade.

2009

Em 2009 nasceu o Programa Farmácia Viva, em Parnaíba, PI.

2010

Em 2010, o Projeto Crescer Seguro, criado em 2008, passa a fazer parte do Instituto Floravida.

2011

Em 2011, a filial de Parnaíba adquire seu próprio CNPJ. E adquirimos o título de Utilidade Pública Federal, em 29 de abril.

2013

Em 2013 Participação no Conselho Municipal de Parnaíba e título de Utilidade Pública Estadual em 29 de julho.

2014

Em 2014 o Instituto Floravida completa 12 anos e inicia seu 3º ciclo sob a gestão da Diretora Presidente Candice Baldoni. Em 29 de maio fomos contemplados com o título de Utilidade Pública Municipal.

2015

Em reconhecimento à atuação do Instituto no âmbito da Assistência Social, em 2015 o Floravida recebeu o Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social.

2016

Em 2016 o Floravida passa a desenvolver iniciativas socioambientais com os agricultores familiares que cultivam passiflora para a Centroflora em Botucatu, fortalecendo ainda mais o comprometimento do Instituto com o Programa Parcerias por um Mundo Melhor.

2017

A parceria entre Floravida e Givaudan vem se fortalecendo ano a ano, para em 2017 abranger também a Givaudan Foundation e Active International. Em 2017 os Convênios com a Prefeitura Municipal trouxeram um montante ainda maior de recursos, acompanhando os desafios de ampliar o atendimento social do Adolescer. Houve assinatura de convênio com o Governo do Estado através do Departamento de Assistência Social que, associado ao fortalecimento da parceria com o Departamento de Fauna via Centrofauna, consolidou o vínculo do Instituto com as Políticas Públicas estaduais de proteção à criança e ao adolescente, proteção à fauna e direitos humanos.

2018

O ano de 2018 trouxe a primeira captação de recursos por Leis de Incentivo Fiscal, através da Secretaria Estadual do Esporte Estado de São Paulo, cujo projeto foi 100% incentivado pelo Laboratório Ache e possibilitou que oficinas de capoeira e futebol fossem implantadas no Programa Adolescer. A Fundação Banco do Brasil apoiou a execução do Projeto Jequitibá, iniciativa do Programa a Escola vai a Mata que beneficia idosos com atividades de promoção a saúde e bem-estar por meio da Educação Ambiental. O Floravida atinge a marca de 30 funcionários, com a contratação da equipe que trabalhara a partir de 2019 no Projeto de Alfabetização no Baixo Sul da Bahia, beneficiando os produtores vinculados ao Programa de Valorização do Guaraná da Mata Atlântica.

NOSSOS
PROGRAMAS

Nossa missão é contribuir para um mundo melhor. Conheça nosso trabalho: