O projeto A Escola Vai à Mata é contemplado mais um ano pelo grupo CPFL - Energia/ CPFL Paulista/ CMDCA

Em dezembro de 2012, o Instituto Floravida, através do projeto A Escola Vai à Mata, participou do processo de cadastro e seleção de projetos socioambientais realizados anualmente pelo grupo CPFL - Energia, através da CPFL Paulista que atende a região. Os repasses realizados em dezembro foram feitos através do FMDCA - Fundos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente que selecionam projetos nas áreas de cultura, diversidade, enfrentamento à exploração sexual infantil, meio ambiente, mobilizadores sociais, profissionalização ou saúde.

Dos 111 projetos inscritos, 89 foram contemplados em diversos estados do Brasil, incluindo o estado de São Paulo  e a Cidade de Botucatu. Dos projetos apoiados, 67% são relacionados às temáticas educação, cultura, saúde e esporte.

Cada entidade recebe repasse somente por um projeto, avaliado dentro dos critérios da CPFL e alinhados com os princípios do Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA.

O projeto A Escola Vai à Mata foi contemplado com o valor de R$ 20.000,00 que serão utilizados para capacitação de equipe executora do projeto, aquisição de material didático e paradidático, lanche para os atendidos, uniforme para os monitores, entre outras melhorias que trarão muitos benefícios para o projeto elevando cada vez mais a sua qualidade.

Além do importante apoio do grupo CPFL - Energia, o projeto conta também com a parceria do Grupo Centroflora, GRS Alimentação e Secretaria Municipal de Educação.

Simone Ap. Bressan

Coordenadora e responsável técnica